Alberto Dell'isola

4 minutos A traição faz parte da vida da maioria das pessoas. Pelo menos é isso que indica o estudo feito pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Os dados mostram que mais da metade dos homens (50.5%) assumem que já traíram a pessoa com quem se relacionavam. Já entre as mulheres, o número é menor e fica em 30%.  O problema é que a traição tem dois lados: o de quem traiu e o da pessoa Continue lendo

4 minutos Um relatório, emitido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, informa que 150 milhões de adolescentes contaram que já foram vítimas de bullying na escola. Esses dados contemplam apenas crianças de 13 e 15 anos, o que sugere que o problema, provavelmente, é ainda maior.  Embora esses números sejam mundial, a situação no Brasil não é diferente. A preocupação com o crescimento do bullying é tanta que foi criado o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas, Continue lendo

3 minutos A taxa de pessoas que sofrem de depressão no Brasil é de 5,8% da população. Essa porcentagem está acima da média global, que é de 4,4%. Mudar esses dados não é algo simples, mas a vida desses 12 milhões de brasileiros pode melhorar com o desenvolvimento da inteligência emocional.  Ela ajuda a diminuir o estresse, a ansiedade e a aumentar o equilíbrio emocional e a qualidade de vida. Além disso, melhora da capacidade de tomar decisões, aumenta a autoestima e colabora com Continue lendo

4 minutos É possível que uma pessoa consiga se lembrar de coisas que viveu na infância, mas também é possível que ela se recorde de algo que nunca viveu. Esse é um processo que pode ser chamado de memórias falsas. O problema é que a pessoa não consegue separar o que é real ou não. A memória falsa fica gravada, como se fosse algo que tivesse ocorrido.  É importante compreender que há uma grande diferença entre mentir e ter uma memória falsa. O mentiroso Continue lendo

4 minutos Em algum momento da sua vida você já escutou o termo Ab-reação? Provavelmente não, né? E se falarmos em descarga emocional? Talvez agora seja um termo mais conhecido em seu cotidiano. E não é preciso ser um estudioso em áreas da psicologia não. A descarga emocional é o momento em que memórias reprimidas são liberadas de uma vez.  Essas memórias são causadas por motivos internos, como problemas de autoestima ou depressão. E são descarregadas por estímulos externos. Ou seja, algo simples pode Continue lendo