Aumentar a Autoestima: Saiba Como a Hipnose Pode Te Ajudar

Tempo de leitura: 4 minutos

5 (100%) 1 vote

Entrevista de janeiro de 2018 com Vitor Amorim. Graduado em Direito pela UESB, acadêmico de Psicologia, estudioso e praticante da Hipnose há mais de 20 anos.

Autoestima e a atitude mental correta

Alberto: Vitor, você percebe que, muitas vezes, o cliente chega até você pedindo para parar de fumar ou emagrecer, mas, antes de tudo, o que ele realmente precisa é aumentar a autoestima? Como você atua para aumentar a autoestima dos seus clientes?

Vitor: Quando comecei na hipnoterapia, achava que a grande maioria das pessoas me procuraria para parar de fumar e tratar fobias, pois essas questões estão entre as mais atendidas entre os hipnoterapeutas.

No fim das contas, apareceram poucas pessoas para tratar fobias e apenas uma para parar de fumar. Por outro lado, a demanda de pessoas que chegavam para tratar depressão, ansiedade e síndrome do pânico só aumentava!

Em decorrência disso, passei a estudar mais esses assuntos. Acabei me especializando no tratamento de depressão e transtornos de ansiedade.

A necessidade de aumentar a autoestima é uma das maiores demandas entre os clientes com depressão que atendo. Muitas vezes, só de eliciar mais autoconfiança no cliente, ele já consegue ter uma boa melhora no seu estado emocional.

Quando uma pessoa consegue aumentar a autoestima, é possível constatar melhorias em vários aspectos da sua vida, como autoconfiança, relacionamentos e até mesmo na vida financeira.

O que percebo é que as pessoas acabam buscando a hipnose quando são acometidas de uma psicopatologia, mas não enxergam que a raiz do começa, muitas vezes, pela sua baixa autoestima.

É comum que pessoas que tem “apenas” baixa autoestima não procurem terapia, pois elas pensam “não estou tão mal assim para precisar de um terapeuta”.

Quando trabalho a autoestima do cliente, o ajudo a mudar a sua percepção da realidade, criando outros parâmetros de comparação. Pois, esse é um dos maiores problemas de quem tem baixa autoestima, o hábito de se comparar com os outros.

Na terapia, o cliente aprende que pode interpretar a realidade de um modo que não seja prejudicial para sua autoimagem. Há uma mudança no sua atitude mental e na percepção que ele tem de si mesmo.

Como mudar a atitude mental para aumentar a autoestima

Alberto: Geralmente, as pessoas só procuram ajuda terapêutica quando a situação está fora de controle. Raramente consideram a possibilidade de fazer terapia como prevenção, para melhorar sua qualidade de vida. Como a hipnose pode contribuir nesse sentido?

Victor: É verdade, nem sempre a hipnose será voltada para resolver um problema. A pessoa que já tem uma boa qualidade de vida também pode fazer terapia para potencializar sua vida, ainda mais.

Por exemplo, um palestrante pode melhorar suas habilidades para falar em público com a ajuda da hipnose. E uma pessoa que já é dedicada aos estudos, pode usar a hipnose para aumentar sua concentração e melhorar a memória.

Alberto: Exato! E como uma pessoa pode começar a aumentar a sua autoestima por meio da hipnose? Você tem alguma técnica rápida que elas podem aprender agora?

Victor: O primeiro passo para uma aumentar a autoestima é aprender a observar seus pensamentos automáticos.

A baixa autoestima pode ser considerada um hábito. A pessoa desenvolveu o hábito de pensar, sentir e agir daquela maneira.  Na verdade, esse hábito se tornou tão forte que ela faz isso inconscientemente, de modo automático.

Isso surge a partir da distorção da sua autoimagem. Ela se percebe de maneira negativa e se comporta dessa maneira, sempre se colocando para baixo.

A primeira coisa que você precisa fazer para aumentar a autoestima é identificar esses padrões de comportamento. Realmente questionar o porquê das suas atitudes.

Por exemplo, se você se sente feio, incapaz e que não merece o melhor da vida, se questione:

  • Feio comparado a quem ou o quê? Quem disse que eu sou feio? O que define se algo é bonito ou feio? O que é a beleza?
  • Será que eu não sou capaz mesmo? Quantas coisas boas eu já fui capaz de realizar na vida? Certeza que não foram poucas!
  • Por que eu não mereceria o melhor da vida? Será que eu não posso conquistar isso? O que posso fazer para alcançar esse objetivo?
  • Quais são minhas qualidades? Como posso melhorar como pessoa?

Quando você começa a se questionar dessa maneira, interrompe os pensamentos automáticos que faziam a manutenção do hábito da autoestima baixa.

Muitas vezes, a pessoa começa a identificar que se sente daquela maneira porque foi influenciada pela família, ainda na infância. Ela percebe, aos poucos, que foi condicionada a sentir e pensar daquela maneira. E que também pode mudar esse comportamento.

Isso faz uma grande diferença!

Conheça mais sobre os benefícios da hipnose clínica!

Curso virtual de auto-hipnosePowered by Rock Convert