Como Aliviar O Estresse Com A Auto-Hipnose

Tempo de leitura: 9 minutos

5 (100%) 1 vote

Você se considera uma pessoa estressada? Quer saber como aliviar o estresse e ter mais qualidade de vida com ajuda da auto-hipnose?

Se sua resposta é sim, esse artigo é para você!

A palavra “estresse” é originada na palavra inglesa stress. Significa “pressão”, “tensão”, ou “insistência”.

O estresse pode ser caracterizado por sintomas como tensão muscular, palpitações cardíacas, irritação, fadiga e até mesmo dores de cabeça.

Quando em excesso, afeta o comportamento humano aumentando a ansiedade, insegurança e inquietação.

Mas, por outro lado, o estresse não é totalmente um “vilão”. Sua atuação, na verdade, é fundamental na sobrevivência de humanos e animais no planeta!

Graças ao estresse, o corpo dispara hormônios responsáveis por deixar uma pessoa alerta e preparada para fugir ou lutar contra uma situação perigosa.

A ciência moderna revela que o grande segredo em como aliviar o estresse está, principalmente, na interpretação que as pessoas fazem do que estão sentindo. Continue lendo para saber mais detalhes!

O lado bom do estresse

A psicóloga de saúde e professora da Universidade de Stanford, Kelly Mcgonigal, nos informa:

A crença de que o estresse é algo ruim prejudica bem mais a saúde do individuo do que o estresse propriamente dito.

Na sua palestra TED Talk “Como fazer do estresse seu amigo”, Mcgonigal relata um estudo feito para saber como as crenças relacionadas ao estresse afetariam a vida das pessoas ao longo do tempo.

Nesse estudo, pesquisadores acompanharam a vida de 30.000 adultos nos estados unidos por cerca de 8 anos.

Para iniciar o estudo, essas pessoas responderam às seguintes questões:

  • Quanto de estresse você teve no ano passado?
  • Você acredita que o estresse é prejudicial para sua saúde?

Então, nos anos seguintes, foram usados registros públicos de óbitos para descobrir quem havia morrido.

Os pesquisadores descobriram que, pessoas que tiveram muitos momentos de estresse no ano anterior, tiveram um aumento de 43% no risco de morte.

Contudo, isso só foi verdade para quem também acreditava que o estresse é prejudicial para à saúde.

Aquelas pessoas que tiverem muitos momentos de estresse, mas não acreditavam que isso prejudicaria sua saúde, não estavam mais propensas a morrer.

Um dado interessante é que, durante 8 anos em que os pesquisadores estavam acompanhando as mortes, estimou-se que 182 mil americanos morreram prematuramente. Não de estresse, mas da crença de que o estresse era ruim. Uma média de 20 mil mortes por ano!

Mudar sua maneira de pensar sobre o estresse pode tornar sua vida mais saudável

Ainda na palestra, Kelly Mcgonigal fala sobre um estudo conhecido como Teste do Estresse Social, onde reuniu um grupo de voluntários em um laboratório.

Essas pessoas foram instruídas a darem um discurso improvisado de 5 minutos sobre suas fraquezas pessoais a um grupo de avaliadores especialistas a sua frente.

E para aumentar a pressão sobre os voluntários, foram colocadas luzes fortes e uma câmera apontada direto para o rosto de cada participante.

Os avaliadores foram treinados para perturbá-los durante o teste, demonstrando expressões de reprovação e desprezo.

Após essa primeira parte da experiência, os voluntários foram submetidos a um teste de matemática, uma vez que o seus raciocínios já estavam comprometido pelo constrangimento anterior. Eram interrompido constantemente com estímulos e barulhos externos.

O resultado (óbvio) da experiência foi que os participantes do estudo não souberam como aliviar o estresse. Demonstraram sintomas clássicos de estresse como tensão muscular, coração acelerado e respiração mais rápida.

Mas, e se essas pessoas mudassem sua percepção e considerassem essas sensações relacionadas ao estresse como um sinal de o corpo está fortalecido e se preparando para enfrentar desafios? Saberiam como aliviar o estresse?

Foi exatamente isso que foi dito aos participantes de um estudo realizado pela Universidade de Harvard.

Antes de irem para o Teste de Estresse Social, eles aprenderam a repensar sua resposta ao estresse como útil para melhorar sua performance.

Eles deveriam imaginar que o coração batendo forte estaria lhes preparando para a ação. E que a respiração mais rápida estava levando mais oxigênio para o seu cérebro.

O resultado foi que, ao final do teste, os participantes estavam menos estressados, menos ansiosos, mais confiantes e até mesmo sua resposta física ao estresse mudou. Eles haviam aprendido como aliviar o estresse apenas com a mudança de pensamento.

Como aliviar o estresse por meio da auto-hipnose
como aliviar o estresse com a auto-hipnose

A técnica da auto-hipnose se mostra muito útil para realizar mudanças de pensamento que beneficiam o sujeito.

Por meio da auto-hipnose, é possível treinar o cérebro para reagir de maneira mais adequada a qualquer estímulo, inclusive o estresse.

Continue lendo para aprender como aliviar o estresse em 6 passos simples através da auto-hipnose:

1. Comece respirando

A respiração correta aumenta a oxigenação das células e dos tecidos do organismo. Elimina toxinas e garante corpo e cabeça energizados.

Explica Mauricio Tavares, instrutor de respiração da ‘Fundação Arte Viver, ONG presente em diversos países.

Quando você sai do piloto automático e reserva um tempo para respirar de forma lenta e regular, essa ação comunica ao sistema nervoso autônomo. Este, controla as reações do corpo em situações de alerta, uma mensagem de calma. Por fim, libera substâncias que alteram a temperatura corporal e a pressão arterial.

Por meio da respiração consciente é possível desacelerar a mente e melhorar a concentração para realizar auto-hipnose.

A seguir, você vai aprender uma técnica de respiração conhecida como respiração quadrada.

Para aproveitar o exercício da melhor maneira, você precisa fechar os olhos e observar sua respiração, percebendo o ritmo em que respira. Mantenha a boca fechada durante o exercício e respire apenas pelo nariz.

Agora inicie:

  1. Deixe o ar entrar em seu corpo, enquanto você conta lentamente até três: Um… Dois… Três….
  2. Segure o ar nos pulmões, contando lentamente até três.
  3. Solte lentamente o ar, contando lentamente até três.
  4. Após a expiração mantenha-se sem ar, contando lentamente até três.
  5. Volte ao passo 1 e continue repetindo este ciclo, sem pressa.

Você pode fazer esses ciclos inicialmente por um minuto. E se estiver bem, poderá aumentar esse tempo para três minutos.

Esse exercício, sozinho, já é suficiente para te ajudar a aliviar a tensão e relaxar. E para realizar a auto-hipnose, você deve seguir para o segundo passo.

2. Aprofundamento

Após acalmar a mente através da técnica de respiração quadrada, continue respirando de maneira natural. Apenas deixando o ar entrar e sair pelas suas narinas de forma suave.

No aprofundamento, você pode utilizar uma técnica de visualização para aprofundar sua concentração e conectar-se com um lugar seguro, que será descrito no próximo tópico.

A técnica de visualização é a seguinte:

Imagine uma escada de 5 ou 10 degraus. Imagine a si mesmo descendo essa escada. Um passo após o outro. Um degrau de cada vez.

Em cada degrau que você pisa, respire profundamente e concentre-se mais e mais no que você está imaginando.

Pense na cor dessa escada. De qual material ela feita. E se consegue perceber algum cheiro ou até mesmo em algum som reproduzido enquanto você desde cada degrau. Isso ajuda a estimular ainda mais sua imaginação.

Imagine que, no final da escada, há uma passagem para um lugar onde você se sente seguro, confortável e muito bem.

3. Crie seu lugar seguro

O lugar seguro pode ser seu quarto, uma praia, gramado ou qualquer lugar em que você foi, pretende ir… Ou que existe apenas na sua imaginação.

Na auto-hipnose, utilizamos essa técnica como base para todas as outras.

Uma vez que você esteja confortável no seu lugar seguro, pode realizar as ações que deseja para mudar seus pensamentos e comportamentos.

Quando estiver nesse local, interaja com o ambiente.

O que é mais real para você? As coisas que vê, ouve, sente ou tudo?

Prestar atenção nesses elementos ajuda a deixar o seu local seguro mais perceptível.

4. Visualize a mudança que deseja

Imagine a si mesmo em uma situação de estresse. O coração acelerado, respiração rápida, talvez um frio na barriga.

É hora de ressignificar isso. Imagine que essas sensações fortalecem você, te preparam para enfrentar os desafios.

Que o coração batendo acelerado está levando mais oxigênio para o cérebro. Que você consegue pensar mais rápido, ter mais foco e se sentir mais ágil.

Imagine situações em que você se sente positivamente estressado. Como, por exemplo, quando está apaixonado ou se preparando para fazer algo que você gosta muito e que estimula bastante o seu corpo e mente.

Perceba o estresse como uma energia que você pode direcionar para qualquer objetivo saudável.  

5. Assuma uma nova postura

Se você estiver sentado, mesmo de olhos fechados, fique ereto, erga o queixo, coloque os ombros para trás e diga:

Estou me sentindo ótimo! Cheio de energia, disposição e autoconfiança!

Essa mudança na sua linguagem corporal também modifica a percepção do seu cérebro sobre os sentimentos.

É mais difícil para a mente sustentar sentimentos de insegurança quando você coloca seu corpo em uma posição de empoderamento.

6. Faça uma ponte ao futuro

Após realizar o exercício no seu lugar seguro, faça uma ponte ao futuro. Isto é, imagine-se em situações que te causam estresse.

Pode ser uma prova de concurso, falar em público, pedir um aumento para o chefe ou até mesmo situações que, antes, faziam você explodir.

Perceba como você pode controlar o fluxo de energia que vem do estresse e usá-lo ao seu favor.

Agora você se sente mais disposto, focado e empoderado! Do mesmo modo que os voluntários do experimento de Estresse Social de Havard.  

7. Despertar da auto-hipnose

Quando tiver completado o processo, retorne ao seu lugar seguro. Atravesse novamente a passagem que te fez entrar lá, suba as escadas em uma contagem regressiva de acordo com o número de degraus que imaginou.

E a cada degrau que você sobe, dê sugestões a si mesmo para ficar mais alerta, disposto e acordado.

 

Gostou da técnica? Se sim, saiba que esse exercício é apenas um dos muitos que você pode utilizar para aprender a como aliviar o estresse!

 

Veja o que é e como fazer auto-hipnose!