Ab-reação: como se dá esse processo de descarga emocional

Tempo de leitura: 4 minutos

Em algum momento da sua vida você já escutou o termo Ab-reação? Provavelmente não, né? E se falarmos em descarga emocional? Talvez agora seja um termo mais conhecido em seu cotidiano. E não é preciso ser um estudioso em áreas da psicologia não. A descarga emocional é o momento em que memórias reprimidas são liberadas de uma vez

Essas memórias são causadas por motivos internos, como problemas de autoestima ou depressão. E são descarregadas por estímulos externos. Ou seja, algo simples pode gerar a descarga de emoções presas. 

Neste artigo, vamos abordar o conceito de Ab-reação, como é usado na psicologia e na psicanálise. Continue lendo e confira!

O conceito de Ab-reação

Apesar de algumas controvérsias a respeito de Freud, o pai da psicanálise, esse conceito foi definido por ele em conjunto com Josef Breuer, em 1893. O conceito surgiu após seus trabalhos com hipnose, onde identificaram material emocional liberado após regressão de idade. 

Desse modo, constatou que existem materiais emocionais a serem liberados, seja de forma espontânea ou induzido.

Para quem é um estudioso sobre Freud, sabe que ele acreditava na energia psíquica. Assim, para ele, a energia mental que era guardada, em algum momento ia ser liberada, causando a descarga emocional. 

Freud e a hipnose

Hoje em dia sabemos dos benefícios que a hipnose pode ter na medicina e em várias áreas da saúde. Por outro lado, na época de Freud era bem diferente, e vários fatores contribuíram para ele abandonar a hipnose. 

Alguns deles foram que a hipnose naquela época era utilizada para remover um sintoma. Ao contrário de hoje em dia que ela é usada para solucionar a origem do problema e assim acabar com os sintomas. 

Um exemplo, quando uma mãe não conseguia amamentar, com a primeira sessão de hipnose ela conseguia. Já na segunda sessão não tinha tanto sucesso, pois não foi trabalhado a origem do problema de amamentação. Logo, Freud acreditava que com o passar dos anos a hipnose não teria mais efeito. 

Existe ainda mais um motivo para abandonar a hipnose. Para ele com o tempo a autoridade do hipnoterapeuta acabaria com a resistência instantânea. O que faz sentido, uma vez que naquele momento existia apenas a ideia de transe de Dave Elman, de rompimento da faculdade crítica. Por outro lado, ao longo dos anos e estudos aprofundados da hipnose foi constatado que a associação livre também é um estado de transe.  

A importância de saber o conceito de Ab-reação

De modo geral, é importante entender o conceito da Ab-reação pois as pessoas o banalizam. E só com o entendimento correto é possível saber como lidar com ele. 

Só entendendo bem o que é Ab-reação é possível saber quando ela acontece, principalmente durante a hipnose. Não é porque a pessoa teve um espasmo muscular enquanto hipnotizada que ela teve uma Ab-reação. Para isso é necessário ter emoções reprimidas. Assim, é necessário analisar cada caso individualmente. 

Como lidar com Ab-reação

Primeiramente é necessário identificá-la corretamente durante o tratamento. Como falamos acima, não é simples. É necessário entender vários aspectos pelo o qual o paciente passou e passa até aquele momento. 

Uma dúvida constante é se deve-se interromper a Ab-reação. Essa pode ser uma escolha pessoal do terapeuta, mas observar e anotar o que está acontecendo, auxilia a trabalhar em cima disso. Ou seja, você pode pegar as informações obtidas ali para ressignificá-las e então ajudar o paciente a superar. 

Entretanto, a questão de interromper também deve levar em consideração o ambiente que acontece. Se é na clínica é um local apropriado para continuar com ela. Mas se é uma demonstração na rua ou em uma escola o melhor é interromper. 

Mesmo assim, muitos acabam chegando até o fim dessa descarga do mesmo modo que começaram, sem se lembrar de nada. 

Assim, cada caso deve ser levado em consideração de modo individual, e o hipnoterapeuta saberá como tratar de acordo com sua linha de trabalho. 

A Ab-reação não é algo que acontece com frequência. Grandes hipnólogos podem ter hipnotizado centenas de pessoas e ter tido um ou dois casos no máximo. Ela pode acontecer de diversas maneiras e até na auto-hipnose. Por isso ter conhecimento profundo sobre o assunto é necessário. 

Você pode aprender mais sobre a hipnose neste link aqui

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação / 5. Vote count:

No votes so far! Be the first to rate this post.