A importância da congruência e dos valores na criação de crenças fortalecedoras

Tempo de leitura: 4 minutos

4.2
(5)

Quantas vezes você já tomou uma decisão baseada não em suas ideias, mas na opinião dos outros? Se isso sempre acontece com você, está na hora de buscar pela congruência e começar a basear as suas decisões nos seus sentimentos e vontades. É com o uso delas que você poderá desenvolver crenças fortalecedoras e deixar as crenças limitadoras longe da sua vida. 

Mas afinal, o que é congruência? Como ela ajuda a desenvolver as crenças fortalecedoras? Siga a sua leitura e sane essas e outras dúvidas! 

Congruência e crenças fortalecedoras: como elas se completam 

Uma pessoa só consegue se sentir bem quanto ela vive em congruência, ou seja, quando ela é sincera consigo mesma, respeita os seus desejos e os seus limites. Dessa forma, ela consegue atingir um estado de integridade, ao alinhar os seus valores, crenças e comportamento.

A busca por respeitar o próprio sentimento, ou seja, por conseguir viver em congruência, está diretamente ligada ao desenvolvimento de crenças fortalecedoras. Isso acontece porque, durante toda a vida, desde a infância até a fase adulta, as pessoas são expostas a regras e situações diversas. Com essas informações obtidas do meio, são formadas as crenças individuais. 

Algumas delas, são formadas por meio das experiências enquanto outras são socialmente impostas. Com o passar do tempo, a pessoa consegue perceber que há algumas crenças limitantes, que a impede de agir como gostaria. Ao mesmo tempo, as crenças fortalecedoras conseguem manter as pessoas confiantes em busca do próprio objetivo

As crenças limitantes são formadas por diversos motivos, desde um pneu furado do carro, que o impediu de chegar a uma entrevista de emprego até a uma dieta que não deu certo. Esse tipo de situação, conforme é absorvido, faz com que a pessoa desenvolva crenças limitantes, que a fazem acreditar que “não consegue”, “não pode” ou “não é capaz de fazer algo. 

O problema é que se a pessoa encara tudo em sua vida já com esse pensamento ruim, por mais que ela tenha vontade de fazer algo, a crença limitante, inconscientemente, falará mais alto. Isso impedirá a pessoa de alcançar os objetivos e o sucesso.

É por isso que é preciso trocar essas crenças limitantes pelas crenças fortalecedoras. Essas últimas darão força para seguir em frente e, por isso, devem ser congruentes, ou seja, precisam ser desenvolvidas de acordo com aquilo que te fará bem.

Suas crenças são limitantes ou fortalecedoras?

Se você quer mudar, comece identificando todas as suas desculpas usadas para não fazer algo. Identifique como elas atrapalham a sua vida e comece a transformá-las em algo positivo. É preciso acreditar e se conectar com o que você realmente quer para a sua vida! 

Para tentar identificar o seu modelo mental, é preciso compreender de onde vem seus pensamentos. Para isso, é indicado que você reflita e seja sincero ao responder questões como: 

  • As minhas ideias são realmente minhas ou dos meus pais?
  • Por que eu acredito que algo não dará certo? 
  • Será que se eu mudasse os meus pensamentos, conseguiria ser mais feliz e realizado?
  • O que eu faço ou penso que me impede de progredir? 

As perguntas são simples, mas é importante que você as responda, para si mesmo, de forma muito honesta. Com isso, você vai conseguir compreender como são as suas crenças e se elas fazem você se auto sabotar. 

Caso isso aconteça, é preciso procurar ressignificar as crenças limitantes e transformá-las em crenças fortalecedoras. 

Dicas para desenvolver crenças fortalecedoras

  • Procure pensar sempre positivo;
  • Lembre-se sempre que você é capaz, tem talentos e potencial para alcançar os seus objetivos;
  • Errou? Tudo bem, lembre-se de que é uma oportunidade de aprender;
  • Enfatize, para si mesmo, os bons resultados obtidos;
  • Lembre-se sempre que você merece coisas boas e conquistas;
  • Tenha foco e determinação;
  • Desenvolva sua inteligência emocional por meio da hipnoterapia;
  • Desenvolva o amor próprio realizando hipnose ou auto-hipnose;
  • Seja resiliente;
  • Ressignifique as suas crenças limitantes;
  • Aprenda a perdoar a si mesmo e siga em frente. 

A programação neurolinguística pode ajudar nesse processo. Saiba mais sobre ela e descubra como pode ser útil em sua vida! Até o próximo artigo!

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação 4.2 / 5. Vote count: 5

No votes so far! Be the first to rate this post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *