Visitar vários médicos, o tempo todo, tomar medicamentos que não foram receitados por um profissional e fazer os exames repetidamente. Esses são alguns sinais que podem indicar que uma pessoa sofre de hipocondria.

Popularmente ligada ao fato do indivíduo estar sempre ligado a um tratamento ou medicação nova, a hipocondria comumente está ligada a quadros de ansiedade. Em alguns quadros, também pode ter relação com a depressão. Por isso, o número de pessoas acometidas por esses problemas tende a aumentar em situações de estresse

Um exemplo disso foi a pandemia de coronavírus. Um estudo realizado na Itália concluiu que 46,2% dos participantes apresentaram sinais de hipocondria durante a pandemia.   

Mas por que isso acontece? O que é hipocondria? Descubra se você está sofrendo com esse problema e veja como a hipnose pode ajudar. 

O que é hipocondria?

A hipocondria é um transtorno psicológico que leva a pessoa a ter “mania de doença”. Ela está sempre se preocupando com a saúde. Por isso, vai a diversos médicos e, muitas vezes, sai sem acreditar no que eles falam. Por isso, procura por outros médicos e vive nessa constante busca por sintomas e doenças. 

Totalmente obcecada por qualquer alteração que possa vir a ter em seu organismo, também tende a fazer exames com frequência. Em alguns casos, a pessoa tem o transtorno desde nova. Já em outros passa a desenvolvê-lo após algum trauma. Comumente, a hipocondria é associada a transtornos de ansiedade e, em alguns casos, depressivos. 

7 sinais de quem tem mania por doenças

Para quem sofre com a hipocondria, uma tosse não é apenas uma tosse. Se uma pessoa que não tem esse transtorno tosse uma vez, entende que foi alguma irritação momentânea. Em suma, não é nada grave.

Entretanto, um hipocondríaco tosse uma vez e pensa que está gripado, com tuberculose ou até com Covid. Basta um sinal isolado para que ele se desespere e busque ajuda médica, pois acredita que não está bem. 

Outra característica comum em quem sofre com esse transtorno é a obsessão por microrganismos e sujeiras. Para essas pessoas, tocar em uma maçaneta de uma porta que é acessada por outras pessoas, pode ser um pesadelo. Assim, é possível dizer que dentre os principais sintomas de quem sofre de hipocondria estão:

Como tratar hipocondria com ajuda da hipnose

A mania de doenças pode dificultar a rotina da pessoa que, por vezes, passa tanto tempo indo a médicos e se esquece de aproveitar o dia a dia. Dessa forma, é preciso buscar por tratamento.

Como a hipocondria frequentemente está ligada a um evento traumático, a hipnose pode ajudar. Usando a técnica correta, o hipnoterapeuta consegue guiar a pessoa para que ela identifique a origem do trauma. Dentre eles, por exemplo, a morte de um ente querido.

Uma vez que isso seja feito, é possível ressignificar o problema de modo que ele pare de desencadear a sensação de angústia. Isso ajudará a minimizar os sinais de hipocondria. Além disso, por meio da hipnoterapia é possível tratar casos de ansiedade, que frequentemente também estão ligados a esse transtorno. Mas por que algumas pessoas lidam bem com a morte de alguém próximo, enquanto outras desenvolvem esse tipo de transtorno? A neurociência pode explicar. Saiba mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *