Mães narcisistas: como vencer traumas e conquistar autoconfiança

Tempo de leitura: 5 minutos

3
(4)

A ideia de que o amor de mãe é o maior do mundo e que ela fará sempre o que for melhor para o filho nem sempre é um fato. Há casos de mães narcisistas, que acabam sufocando os filhos e tornando essa relação difícil. A consequência disso são traumas que podem ter reflexo na vida adulta. 

Nesse sentido, quem tem ou teve uma mãe narcisista precisa de ajuda. Terapia e hipnose são formas de trabalhar as marcas deixadas por uma relação nem sempre saudável do ponto de vista psicológico. 

Conheça mais sobre casos de mães narcisistas e como elas afetam os filhos. Além disso, descubra como encontrar uma forma diferente de olhar para a vida a partir do texto abaixo. Por isso, continue a leitura!

Características de uma mãe narcisista

Na psicanálise, narcisismo é o termo usado para se referir a pessoas que nutrem uma paixão excessiva por si mesmas. Elas se admiram em excesso e, em geral, cultivam a própria imagem.

No relacionamento abusivo com os filhos, as mães narcisistas transferem as frustrações e sonhos não realizados para a criança. Além disso, podem criar um ambiente de competição. Conheça algumas características comuns das mães narcisistas, que podem levar a um relacionamento tóxico entre mães e filhos.

Mães narcisistas são abusivas na criação dos filhos

Para começar, elas geralmente aproveitam o fato de ser autoridade para terem aprovação e cometem abusos psicológicos. Os ataques também ocorrem de forma verbal e emocional, de forma que a mãe sempre se auto vanglorie. 

Se aproveitando do amor incondicional dos filhos, elas os manipulam. Dessa forma, fazem eles acreditarem que são inferiores, o que afeta diretamente a saúde mental dos filhos. 

Mães narcisistas sempre “sabem tudo”

Você conhece alguém que é dono da verdade? Saiba que essa também é uma característica das mães narcisistas.

Essas mulheres não aceitam ser contestadas, nem que os filhos pensem de forma diferente. Afinal, para elas, o seu pensamento e entendimento do mundo é sempre o certo. Dessa maneira, a verdade acaba oscilando de acordo com os seus desejos

Mães narcisistas impõem condições para amar

Mães narcisistas só vão continuar “gostando” dos filhos se fizerem o que elas querem ou determinam. Dessa forma, essas mães acabam interferindo em tudo, até mesmo na escolha profissional do filho e em sua personalidade.

Mães narcisistas tendem a imitar a filha

É comum que as mães narcisistas imitem o que há de novidade para se auto guiar. Dessa forma, muitas vezes, elas se espelham na maneira da filha ou filho se vestir ou agir.

Isso faz com que as mães passem a viver em uma verdadeira competição com os filhos. A tentativa é de ser sempre o centro das atenções e ser popular. 

Ao mesmo tempo, só se sentem bem quando são exaltadas pelos demais. Além disso, essas pessoas vivem de aparência. Elas capricham no visual e no carro para que os outros não percebam a sua baixa autoestima e fragilidade. 

Mães narcisistas não têm empatia

Alguém está sofrendo? Para a mãe narcisista isso não importa, pois ela não tem empatia com ninguém. Afinal, em sua mente, só ela precisa ser notada e exaltada. O que o outro sente não fará diferença em sua vida.

Dessa forma, é egoísta e muito egocêntrica. Subestima os filhos e quer que eles dediquem-se a atendê-la sempre. Afinal, só o sentimento do indivíduo narcisista é importante para ele.

Mães narcisistas são perfeccionistas e arrogantes

No geral, pessoas narcisistas são extremamente perfeccionistas. Como no fundo essas mães têm baixa auto-estima, elas precisam de bajulação. Para isso, tentam desempenhar as tarefas com excelência. Sempre em busca da aprovação do outro. 

Além disso, uma mãe narcisista acredita que veio ao mundo para ser admirada. Dessa forma, naturalmente se torna arrogante. 

Consequências para os filhos quando têm uma mãe narcisista 

Conviver com uma pessoa com baixa autoestima e que promova uma eterna competição, influencia negativamente toda a família.

O filho que está mais disposto a ceder às suas vontades automaticamente torna-se o preferido. Inclusive, isso pode dificultar o relacionamento entre irmãos. 

Nesse sentido, para conviver bem com a mãe, muitos filhos acabam se auto anulando. Assim, eles acabam cedendo a chantagens emocionais e constantes abusos psicológicos. 

Por isso, filhos de mães narcisistas acabam se sentindo invisíveis para os pais. Mesmo depois de adultos, sentem que as suas emoções não servem para nada. Afinal, cresceram com uma mãe que nunca ligou para que os filhos sentiam ou queriam.

Essas pessoas também aprenderam que o carinho é uma moeda de troca e não algo natural. Assim, se tornaram adultos que não tiveram espaço para se construir emocionalmente. O resultado é um sentimento de que não é suficientemente bom para o outro. Dessa forma, podem apresentar:

  • tristeza e angústia;
  • baixa autoestima;
  • falta de amor próprio;
  • e, em muitos casos, até depressão. 

Como a hipnose pode ajudar

Com a hipnose, é possível fazer com que todos os traumas causados pela criação ganhem novo significado. Dessa forma, a pessoa passa a lidar melhor com a memória e poderá se reencontrar na vida adulta. 

Além disso, a hipnose pode auxiliar no cuidado com abaixa autoestima e até da depressão consequente da criação. 

Durante as sessões, a pessoa também pode aprender a lidar com as emoções sob um aspecto diferente. Assim, conseguirá compreender que os sentimentos ruins que ela tem são resultantes de todo um processo de crescimento. Tudo isso, por meio da ressignificação da memória da infância. 

Além do atendimento feito por um hipnoterapeuta, a pessoa também pode conseguir bons resultados com a auto-hipnose. Por meio dela, é possível trabalhar melhor as emoções consigo mesmo. Aprenda tudo sobre auto-hipnose em um curso para iniciantes!

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação 3 / 5. Vote count: 4