Crenças limitantes: como deixá-las longe da sua vida

Tempo de leitura: 5 minutos

4.5
(2)

Crenças limitantes são aqueles pensamentos que as pessoas aceitam como verdade e que as impedem de fazer algo. O problema é que elas, muitas vezes, dificultam a progressão no trabalho, a realização de sonhos e até o desenvolvimento de uma relação amorosa.

Afinal, na mente há um alerta de que algo dará errado e, quando esse alerta se destaca dentre os pensamentos, ele faz com que a pessoa desista de tentar. Assim, as crenças limitantes são caracterizadas por terem cunho negativo. Elas levam a pessoa a desistir da busca por melhorias em suas vidas e a desacreditarem que é possível alcançar um objetivo. 

Conheça mais sobre as crenças limitantes e veja como retirá-las do seu dia a dia! 

Por que somos negativos e criamos crenças limitantes?

A formação das crenças limitantes na mente se dá por meio dos acontecimentos e das experiências de vida. Mesmo o que aconteceu quando a pessoa ainda era criança, acaba contribuindo, depois de adulto, na decisão tomada. 

O problema é que quando essas crenças limitantes não são encontradas e trabalhadas, elas continuarão dominando a mente. Quando isso acontece, a pessoa tende a ter maiores desafios na vida como:

    • problemas de relacionamentos;
    • baixa autoestima;
    • descontrole e problemas financeiros;
    • procrastinação

O tempo passa e as crenças permanecem. Com isso, acabam fazendo com que mais acontecimentos desagradáveis ocorram, já que limitam a pessoa e suas ações. 

Sem nem perceber, o indivíduo acaba optando por caminhos que o leva a resultados ruins. É como se as crenças limitantes fizessem as pessoas se auto sabotarem. Sem contar que a partir do momento no qual o indivíduo acredita que tudo vai dar errado, ele passa a ver a vida de uma forma negativa. 

A consequência disso é o desenvolvimento de sentimentos de rejeição, revolta e até a tendência a se vitimizar. Sem saber que tudo isso é fruto de experiências desagradáveis, que foram transformadas em crenças limitantes, a pessoa tende a se acomodar e entender isso como “normal” ou “coisas da vida”. 

Para que o indivíduo possa aproveitar as oportunidades e crescer na carreira ou em qualquer outra área, é preciso mudar e ressignificar esses pensamentos. Além da hipnose, que pode auxiliar nesses processos, há outras dicas de como afastar as crenças limitantes da sua vida.

Exemplos de crenças limitantes mais comuns

Para ficar mais fácil de você compreender o que são as crenças limitantes e se você as tem, veja alguns exemplos cotidianos.

  • A vida é ingrata comigo, nasci pobre e nunca vou conquistar nada;
  • Universidade não é coisa para pessoas da minha classe social;
  • Não tenho tempo para nada;
  • Para mim, isso é impossível;
  • Não vou conseguir;
  • Nunca vou conseguir realizar esse sonho;
  • Comigo nada dá certo, então não compensa nem tentar;
  • Sou muito velho para isso;
  • Se ele não melhorar, a minha vida continuará ruim;
  • Estou destinado a essa vida e nada poderá mudar;
  • Já tem muita gente fazendo isso, não há espaço para mim.

O processo de mudança

Se você se identificou com algum dos exemplos acima ou se acredita que tenha crenças limitantes em sua vida, é hora de mudar. Claro, que isso não é simples. A primeira coisa é identificar o problema, depois, é querer alterá-lo. É preciso querer melhorar a sua vida e ter mais disposição para correr em busca dos seus sonhos. 

Experiências na infância

Além disso, é preciso compreender que os pensamentos de hoje podem ser resultantes do que você viveu na infância. Se quando você era muito novo, alguém disse que você não iria conseguir fazer algo ou que nunca seria capaz de alcançar um objetivo, você, provavelmente, levou isso para a sua vida. Portanto, uma crença limitante pode ter sido construída a partir de uma experiência da infância

É por isso que os adultos precisam ter muito cuidado ao conversarem com os pequenos. Dizer que uma pessoa não é capaz de algo pode limitá-la para o resto da sua vida. Assim, o adequado é argumentar e temporizar a limitação. Por exemplo, se a pessoa quiser dizer que a criança não pode usar o fogão porque ela ainda é muito nova e falar “Você não vai conseguir”, ela pode estar dando a base para que uma crença limitante seja desenvolvida.

Por outro lado, se a pessoa passar a mensagem correta, isso não acontecerá. Por exemplo: “Ainda é cedo para você usar o fogão. Quando você tiver 10 anos eu começo a ensinar, combinado?”. Isso dará uma perspectiva para a  criança e mostrará que ela será capaz, só precisa trilhar um caminho até lá. 

Sabendo disso, entenda que as crenças limitantes não são sua culpa, mas sim resultado do que você viveu. Assim, a sua busca agora será por reverter isso, por meio da auto-hipnose e/ou mudanças diárias, visando sempre ter uma visão mais positiva da vida. 

Dicas para se livrar de crenças limitantes

Há alguns passos, que são usados na PNL, e ajudam a descobrir e eliminar crenças limitantes. São eles:

  • Pense em tudo o que pode estar te impedindo de conquistar algo e buscar melhorias e escreva em um papel;
  • Entenda que tudo aquilo é algo que você acha e acredita, mas não é o real;
  • Mude o foco desse pensamento sempre que notar que uma crença limitante vem à sua mente;
  • Haja diferente: se a crença limitante chegar e tentar te limitar, seja mais forte que ela e corra em busca dos seus objetivos;
  • Enfrentar suas inseguranças em pequenas etapas, em vez de tentar lidar com tudo de uma vez.

Claro que, todo esse processo de mudança não é simples, principalmente quando a pessoa tenta fazê-lo sem ajuda. Por isso, a hipnoterapia é indicada para ajudar você a ser mais autoconfiante e a ressignificar as experiências ruins que viveu. 

Transforme as suas crenças limitantes em crenças fortalecedoras. Veja dicas de como fazer isso. 

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação 4.5 / 5. Vote count: 2

No votes so far! Be the first to rate this post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *