Desânimo: como a hipnose pode ajudar a reverter esse sentimento?

Tempo de leitura: 6 minutos

0
(0)

Você está passando por uma fase na qual não tem vontade de fazer nada? Acorda para trabalhar, mas tudo o que queria é continuar na cama? O desânimo pode estar afetando a sua vida e impedindo a sua felicidade. 

Essa sensação de não ter vontade de realizar atividades rotineiras merece a sua atenção. Afinal, o sentimento acaba prejudicando a vida pessoal, social e profissional. 

Dessa forma, embora seja normal que, em determinados dias, a pessoa não esteja muito animada e sinta até um pouco de preguiça, isso não pode acontecer com frequência. Se você sofre com um desânimo diário, é preciso agir e mudar isso. Entenda mais sobre o assunto e veja como a hipnose pode ajudá-lo (a)!

Por que o ser humano fica desanimado?

Podemos dizer que o desânimo é um estado contínuo de falta de vontade de fazer algo. É possível que esse sentimento afete apenas a vida profissional, por exemplo. No entanto, muitas vezes, a sensação acomete todas as áreas da vida.

Entender o que leva a pessoa a entrar em um estado de desânimo é o primeiro passo para mudar isso. Contudo, nem sempre é fácil identificar a causa desse sentimento. Dentre os motivos frequentes estão:

  • má remuneração; 
  • insatisfação com a área na qual trabalha;
  • falta de perspectiva de crescimento profissional;
  • relacionamentos ruins ou abusivos;
  • vivência de trauma recente, que gerou medo e instabilidade emocional;
  • falta de projetos e metas de vida;
  • perda de pessoa querida;
  • desemprego;
  • problemas financeiros;
  • medo de fracassar ou de algo dar errado;
  • doenças graves.

Além disso, é importante lembrar que o desânimo é um sentimento comum de pessoas que enfrentam a depressão. No geral, indivíduos deprimidos ficam desanimados em realizar até mesmo as atividades que, anteriormente, eram consideradas agradáveis. 

Quais outros sinais do desânimo?

Além da falta de vontade de realizar determinada atividade, o desânimo pode levar a outros sinais. Isso acontece, principalmente, quando ele está ligado a um quadro depressivo. Assim, uma pessoa desanimada pode apresentar sinais como, por exemplo:

  • tristeza;
  • baixa autoestima (a pessoa se sente inútil);
  • alteração de apetite;
  • dificuldade para dormir ou sono em excesso;
  • sentimento de falta de esperança e de culpa;
  • ansiedade e angústia;
  • infelicidade;
  • medo, insegurança, desamparo e vazio;
  • sintomas físicos, sem causas aparentemente detectáveis, como diarreia, dor de barriga e sensação de corpo pesado.

O que é possível fazer para reverter esse sentimento?

O sentimento de desânimo não é bom e precisa ser trabalhado. Afinal, passar a vida triste e sem vontade de realizar atividades rotineiras não é saudável. Se você está passando por isso, veja algumas dicas do que fazer para mudar a sua realidade. 

Encontre atividades prazerosas

Nem sempre é possível encontrar uma oportunidade de trabalho na área que mais gosta. Afinal, o mercado é concorrido, as contas não param de chegar e, por isso, muitas vezes, a pessoa acaba aceitando um emprego em uma área ou setor com o qual não tem grande afinidade. 

Se mudar de emprego e recomeçar não for algo possível agora, é importante que você encontre uma atividade que te faça bem. Afinal, a vida não é só trabalhar, não é? O que você gosta de fazer? Você pode, por exemplo:

  • começar um curso gratuito online e aprender algo novo;
  • fazer artesanatos, crochê ou tricô;
  • aprender a cozinhar;
  • maratonar séries;
  • assistir a um filme por dia;
  • ler bons livros;
  • fazer caminhadas ao ar livre; 
  • cantar ou ouvir música.

Reserve pelo menos meia hora do seu dia para realizar algo que seja prazeroso. Isso ajudará a minimizar essa sensação de desânimo e a ser mais feliz. 

Faça planos

O que você quer conquistar este ano? E daqui a 20 anos? As possibilidades são inúmeras e podem ser desde fazer uma viagem até comprar um bem. Seja qual for o caso, defina objetivos e ligue-os às atividades diárias.

Afinal, se toda vez que você precisar ir trabalhar, mesmo desanimado, você lembrar que é para conseguir realizar a viagem dos sonhos, por exemplo, tudo ficará mais simples e prazeroso, não é? No entanto, não se esqueça de fazer planos que sejam viáveis. É preciso ter metas acessíveis e lutar para concretizá-las. 

Durma bem 

Quando o cansaço é grande, a falta de vontade de fazer algo pode aumentar. Por isso, ter um boa noite de sono é fundamental para evitar o desânimo. Deixe o quarto bem escuro e, de preferência, sem barulho. Policie-se para dormir o tempo suficiente. Isso ajudará a ter mais ânimo no dia a dia. 

Invista em autoconhecimento

Para entender a causa do seu desânimo, é preciso se conhecer. Só assim será possível identificar os motivos que levam você a desenvolver esse sentimento. Por isso, é interessante investir em buscar o autoconhecimento. Isso pode ser conquistado tanto pela terapia, quanto pela hipnose. 

Como a auto-hipnose pode ajudar nesse processo?

Para combater o desânimo é preciso identificar a causa e se autoconhecer. Por meio da hipnoterapia, a pessoa conseguirá olhar para dentro de si mesma e entender os seus problemas íntimos. 

Dessa forma, poderá traçar as mudanças necessárias visando se sentir melhor e obter mais qualidade de vida. Muitas vezes, pequenos ajustes na maneira de ver a vida e de reagir a algo já ajudarão a eliminar a sensação de desânimo. 

Além disso, o tratamento com hipnoterapia pode ajudar a pessoa relembrar traumas ou situações vividas, que possam estar afetando o seu dia a dia. A ressignificação desses processos poderá ajudar a enfrentar os medos e as inseguranças que podem estar resultando na sensação de desânimo.

Além do tratamento com hipnoterapia, o aprendizado da realização da auto-hipnose também pode ajudar a afastar esse sentimento. Por meio dela, é possível:

  • controlar medos e angústias;
  • ter mais controle dos próprios sentimentos;
  • controlar comportamentos explosivos ou autodestrutivos, que possam atrapalhar o desenvolvimento pessoal e profissional;
  • adquirir mais controle da própria vida;
  • entender o que afeta a mente e como não permitir que isso aconteça;
  • minimizar a sensação de estresse;
  • trabalhar outros sinais que possam estar ligados à sensação de desânimo. 

Dessa forma, com a realização da auto-hipnose é possível tratar situações de angústia, baixa autoestima e desânimo. Assim, conquistar mais prazer em viver e volta a ter controle dos próprios sentimentos.

Algo semelhante é realizado também quando a hipnose é usada para tratar a depressão. Veja como isso é feito e as vantagens

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação 0 / 5. Vote count: 0

No votes so far! Be the first to rate this post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *