Inteligência emocional: hipnose e outras maneiras de desenvolvê-la

Tempo de leitura: 3 minutos

A taxa de pessoas que sofrem de depressão no Brasil é de 5,8% da população. Essa porcentagem está acima da média global, que é de 4,4%. Mudar esses dados não é algo simples, mas a vida desses 12 milhões de brasileiros pode melhorar com o desenvolvimento da inteligência emocional

Ela ajuda a diminuir o estresse, a ansiedade e a aumentar o equilíbrio emocional e a qualidade de vida. Além disso, melhora da capacidade de tomar decisões, aumenta a autoestima e colabora com os relacionamentos interpessoais. 

Em suma, o desenvolvimento da inteligência emocional ajuda a pessoa a lidar melhor com as adversidades e se sentir mais segura.

Dessa forma, ao desenvolvê-la, é possível diminuir as chances de ter depressão ou crises de ansiedade, por exemplo. Saiba mais sobre inteligência emocional e como desenvolvê-la. 

O que é inteligência emocional?

Resumidamente, podemos dizer que inteligência emocional é a capacidade que a pessoa tem de administrar as suas emoções. Além disso, o indivíduo passa a compreender melhor o outro e, assim, tende a construir relações mais saudáveis. Por fim, acaba por fazer escolhas mais conscientes e conquistar mais qualidade de vida. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional, ela está embasada em cinco pilares. Conheça cada um deles. 

Auto responsabilidade

É a capacidade de assumir que o que acontece na própria vida é responsabilidade sua. Dessa forma, a pessoa entende que erros, acertos, fracassos e sucessos dependem sempre de si mesma e dos caminhos que decide seguir

Percepção das emoções

Saber identificar as próprias emoções também faz parte dos pilares da inteligência emocional. Além disso, permite entender as emoções do outro e identificar que mensagens elas transmitem.

Gerenciamento das emoções

Ao saber identificar as próprias emoções, fica mais simples gerenciá-las. Assim, consegue reagir aos imprevistos e adversidades de forma consciente. 

Foco

Todo resultado depende de foco. Com a inteligência emocional desenvolvida a pessoa consegue focar nos aspectos positivos dos demais e das situações vividas. 

Ação

O enfrentamento do medo e das incertezas só pode ser realizado por meio da ação. Assim, graças a ela é possível enfrentar as imprecisões da vida, o medo do desconhecido e a raiva. Dessa forma, é possível encontrar a alegria e o amor, que são essenciais para gerar resultados e concretizar sonhos. 

Hipnose e desenvolvimento da inteligência emocional 

Os problemas tensões, adversidades e estresse estão presentes na vida de qualquer pessoa. Não há como se isolar disso. É preciso saber conviver com o problema e a hipnose pode ajudar. 

Afinal, por meio dela é possível aprender a lidar com as emoções e conhecê-la, bem como a trabalhar com as adversidades. Além disso, a hipnose ajuda a desenvolver outras características necessárias para alcançar a inteligência emocional, dentre elas: 

  • entender e compreender o próprio comportamento;
  • conviver, identificar e dominar as próprias emoções;
  • saber a importância de trabalhar as emoções negativas e como fazer isso;
  • aumentar a autoconfiança;
  • aprender a lidar com a pressão;
  • conseguir se expressar melhor e sem ter medo;
  • desenvolver o sentimento de empatia;
  • praticar a resiliência;
  • saber parar, analisar e pensar antes de agir e reagir a algo;
  • conhecer os seus limites.

Dessa forma, é possível entender como a hipnose é importante para o desenvolvimento da inteligência emocional e também da qualidade de vida. Por falar em qualidade de vida, como você está trabalhando isso? Saiba mais sobre o tema e veja dicas

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação / 5. Vote count:

No votes so far! Be the first to rate this post.