7 exercícios para treinar a memória e melhorar habilidades

Tempo de leitura: 4 minutos

4
(4)

Não importa a sua idade. É preciso treinar a memória para que consiga melhorar o raciocínio, se lembrar do que aconteceu e até maximizar a aprendizagem. Afinal, por meio desse fortalecimento, é possível armazenar as informações com mais eficiência e, consequentemente, ter mais sucesso nos estudos. 

Por isso, exercitar o cérebro pode ser considerado algo positivo e, de certa forma, fácil de fazer. Afinal, há atividades simples, que qualquer pessoa consegue realizar sem sair de casa, e que ajudam a treinar a memória.

Conheça alguns exercícios para fortalecer a memória e comece a praticá-los o quanto antes! 

O que é memória?

Memória nada mais é do que a maneira como o cérebro armazena as informações. Ela pode ser classificada em:

  • memória de procedimento;

  • memória declarativa. 

A memória de procedimento é a responsável por gravar as habilidades adquiridas, sejam elas sensitivas, motoras ou intelectuais. Dessa forma, as pessoas passam a ser capazes de executar determinada tarefa sem que precisem da consciência.

Assim, o indivíduo consegue, por exemplo, realizar uma atividade qualquer enquanto pensa na resolução de um problema. Isso é possível porque a habilidade de desempenhar a atividade está gravada na memória de procedimento. 

Já a memória declarativa é a responsável por armazenar o que é aprendido por meio dos sentidos e de processos internos do cérebro como, por exemplo, a criação de ideias. Para isso, a memória declarativa precisa atingir o nível consciente. É também na memória declarativa que são armazenadas as lembranças de fatos vividos e de informações adquiridas pela leitura, sons ou visual.

A memória também pode ser classificada como de curto prazo como, por exemplo, quando você precisa decorar um código que vai usar apenas uma vez. O utiliza e já esquece. Por outro lado, a memória de longo prazo é a que armazena informações que são necessárias por muito tempo como, por exemplo, a sua data de nascimento, seu nome ou grau de escolaridade. 

Por que é importante treinar a memória?

Além de ser importante para armazenar as informações do dia a dia e desenvolver a aprendizagem, a memória atua na organização das informações contidas na mente. Dessa forma, ela também se relaciona à capacidade de foco e concentração, de maneira que se torna essencial para o aprendizado e um bom raciocínio. Assim, ao treinar a memória a pessoa:

  • consegue desenvolver o foco e a atenção;

  • passa a ter mais facilidade em gravar e lembrar de informações vividas ou aprendidas;

  • melhora a organização das informações armazenadas na mente;

  • consegue agilizar o raciocínio e tomar decisões mais assertivas

Por outro lado, quando esse treinamento de memória não acontece e a pessoa desenvolve um déficit operacional, ela pode apresentar: 

  • dificuldade de foco, concentração e atenção;

  • queda de desempenho no trabalho ou nos estudos;

  • perda de agilidade na resolução de problemas e tomada de decisão

7 exercícios para fortalecer a memória

Quer melhorar o raciocínio e a aprendizagem, além de organizar melhor tudo o que está armazenado em sua mente? Então é hora de treinar a sua memória. Para isso, separamos  atividades simples, que podem realizadas por pessoas de diferentes idades. São elas:

  1. Palavra-cruzada – seja de maneira online ou na tradicional revistinha, ela ajuda a ativar a memória e a adquirir conhecimento;

  2. Preste atenção – force, no dia a dia, a ter mais foco e atenção no que está lendo ou ouvindo. Isso ajuda a gravar as coisas com mais facilidade e a fazer a memória funcionar;

  3. Pense com mais frequência – ao invés de fazer tudo automaticamente, pense no que está fazendo para estimular o cérebro e gravar, por exemplo, onde deixou a chave ou se trancou ou não portão da casa. Portanto, saia do “piloto automático”;

  4. Leia mais – a leitura aumenta a capacidade cerebral e exercita a memória;

  5. Aprenda palavras novas – todos os dias, abra o dicionário, encontre uma nova palavra e desafie-se a gravá-la e a usá-la;

  6. Anote – escrever ajuda a reforçar uma informação. Por isso, é indicado começar a anotar as memórias. O que acha de começar a escrever um diário hoje mesmo? 

  7. Contas – nada de pegar a calculadora. Comece a fazer contas mentalmente. 

 

Embora a memória seja essencial para a vida, algumas vezes, as pessoas se recordam de algo que nunca viveram. Essas são chamadas de memórias falsas. Veja como isso acontece e como a hipnose pode estar ligada ao processo

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação 4 / 5. Vote count: 4

No votes so far! Be the first to rate this post.

1 comentário

  1. Avatar Guilherme Gilioli

    Muito bom artigo. Palavras cruzadas e jogos que desenvolvem raciocínio lógico são ótimos para a memória e também ajudam a prevenir o Alzheimer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + sete =