Acolhimento: o segredo para o sucesso de um atendimento na terapia

Quem atua na área da saúde, seja ela física ou mental, precisa estar preparado não apenas para atender bem, mas também para realizar o acolhimento do paciente. Tal prática vai muito além de um sorriso no rosto ou de palavras cordiais.

De acordo com o dicionário Michaelis, acolhimento é “lugar onde se encontra amparo, proteção, refúgio”. Em suma, é fazer a pessoa que procura o estabelecimento de saúde para se tratar ou para acompanhar alguém de maneira que ela se sinta ouvida

Para isso, o profissional deve estar preparado para escutar, compreender e ser empático. Dessa forma, conseguirá oferecer a resolução do problema de forma assertiva e eficiente. Ao mesmo tempo, fará com que o outro se sinta seguro aceite aquele como um local de refúgio.

Esse sentimento de segurança faz toda a diferença na permanência do paciente durante todo o tempo de terapia, bem como no sucesso do procedimento. Veja o porquê do acolhimento ser tão importante durante o atendimento e descubra como a hipnose pode ajudar nesse processo. 

Por que o acolhimento é tão importante na terapia?

Para que uma pessoa aceite o protocolo adotado durante a terapia e siga com o tratamento até o fim, é preciso que ela se sinta à vontade. E isso vai muito além de um local bonito e bem estruturado. Mais do que isso, o paciente quer se sentir abraçado, ou seja, ele precisa de acolhimento. 

Para que o acolhimento seja feito o estar pronto para escutar o paciente e as suas queixas e se mostrar receptivo a esse desejo de procurar auxílio. E isso é a base para que qualquer terapia seja realmente eficiente. Afinal, essa é a base para uma prática constitutiva das relações de cuidado. Essas sensação de cuidado e de receptividade é importante para que o cliente:

  • se sinta bem em ir ao local;
  • seguro em revelar suas angústias;
  • pronto para trilhar o caminho de tratamento proposto;
  • receptivo à orientação profissional.

Como a hipnose pode ajudar a acolher melhor um paciente

Assim como a psicoterapia, a hipnose também busca ajudar o indivíduo a ter uma vida harmoniosa e encontrar o equilíbrio. Ao usar as mais diferentes técnicas, a hipnoterapia ajuda a acolher o sofrimento do indivíduo e ajudá-lo a encontrar o melhor caminho para a mudança. Visando sempre o bem-estar e a qualidade de vida.

Para que isso seja possível, a hipnose pode ser usada de diferentes maneiras como, por exemplo:

  • na promoção do relaxamento;
  • na ressignificação do trauma vivido, de forma que o momento, embora lembrado, passe a ser menos angustiante ao indivíduo;
  • tratar a causa e possibilitar que a pessoa tenha uma outra percepção da situação;
  • possibilitar resultados mais breves.

3 abordagens acolhedoras com uso da hipnose

A hipnose pode ajudar no acolhimento ao possibilitar com que a pessoa se sinta melhor em relação ao que está vivendo ou viveu. Veja três abordagens acolhedoras com o uso da hipnose.

Com vítimas de abusos

Muitas vezes, a vítima se culpa do abuso sofrido. Com as sessões de hipnose, é possível ajudá-la a ver que o único culpado é o violentador. Além disso, é possível ajudar a pessoa a ressignificar o trauma vivido, para que a situação angustiante não passe a afetar e a prejudicar a vida da vítima

Ainda é possível, com o uso da hipnose, trabalhar as sequelas deixadas pelo abuso sofrido como, por exemplo;

  • insônia recorrente;
  • mudanças de comportamento;
  • baixa autoestima;
  • dificuldade em interagir com outras pessoas e tendência ao isolamento;
  • depressão. 

Com pacientes com Alzheimer

O esquecimento, a falta de coordenação e falta de autonomia, causada pela doença de Alzheimer, não podem ser evitados. Até o momento, não há cura e as medicações até conseguem retardar a progressão da doença, mas não impedi-la.

Dessa forma, é preciso trabalhar para promover mais qualidade de vida ao indivíduo acometido. Para isso, a hipnose Ericksoniana pode ser usada para promover o acolhimento e amparo que a pessoa precisa. Isso é possível ao ajudar o cliente a encontrar a segurança emocional.

A hipnoterapia também pode ser adotada para suavizar as alterações de comportamento, consequentes da doença. Isso também ajudará o doente a ter mais qualidade de vida!  

Com pacientes que tenham doenças degenerativas em geral

Como são doenças que não têm cura, é preciso possibilitar que o indivíduo se sinta amparado durante o tratamento. Nesse caso, o acolhimento se dá ao ajudar a pessoa a controlar a ansiedade e encontrar segurança emocional

Além disso, pode colaborar na promoção da autoestima e autoconfiança, bem como ajudar o acometido com doença degenerativa a compreender o que está acontecendo.Em suma, a hipnose pode ser usada para auxiliar a pessoa a se sentir melhor e a enfrentar as adversidades vividas. Além disso, consegue promover mais qualidade de vida. Veja como funciona.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp