Seja por excesso de trabalho, desemprego ou medo de contrair uma doença, por exemplo, a ansiedade pode fazer parte da vida de qualquer pessoa. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse é um dos problemas mais comuns entre os brasileiros. O Brasil é considerado o país mais ansioso do mundo. O problema é que quando não tratada ou controlada, a ansiedade pode se tornar paranoia.

Atualmente, a OMS estima que o Brasil tenha mais de 18,6 milhões de pessoas (9,3% da população) que sofrem com o transtorno. Se você faz parte desse grupo ou conhece alguém nessa situação, é importante informar-se mais sobre a ansiedade e seus desdobramentos, como a paranoia. Nesse contexto, veja como a hipnose pode ser útil no tratamento!

O que é paranoia?

Quando a ansiedade é persistente e ligada a um medo específico, ela é chamada de paranoia. Esse é um tipo de ansiedade que aparece de maneira mais intensa e faz com que a pessoa acredite, por exemplo, que está sendo:

Isso acontece mesmo que não exista nenhum motivo concreto para que o indivíduo tenha essas suspeitas. No entanto, em outros casos, a pessoa passa a ter uma visão diferente de si mesma e da sua importância.

No geral, esse tipo de paranoia se desenvolve em indivíduos submetidos a situações muito estressantes ou a um grande trauma. Por fim, é válido salientar que, embora a ansiedade possa ser precursora da paranoia, elas são duas coisas diferentes. 

3 diferenças entre ansiedade e paranoia

Os principais pontos de distinção entre ansiedade e paranoia são:

Quais os sintomas da ansiedade merecem atenção?

Pessoas que sofrem com a ansiedade ou convivem com alguém nessa situação precisam ficar atentas a alguns sinais, que podem indicar uma tendência à paranoia. Conheça alguns deles. 

Acreditar que tudo é perigoso

Indivíduos que sofrem com ansiedade tendem a superestimar o perigo ligado ao fato que o deixa ansioso. Alguns deles, por exemplo, se negam a viajar de avião por acreditarem que um acidente aéreo possa ocorrer. Essa é uma ideia comum de quem tem medo desse meio de transporte. No entanto, o avião é o considerado um dos transportes mais seguros do mundo.

O mesmo acontece com outros eventos que possam despertar a ansiedade no indivíduo. Por isso, ansiedade ou medo de determinado evento em excesso deve servir como um sinal de alerta

Insônia 

Algumas pessoas que sofrem com a ansiedade relatam dificuldade para dormir. Outras contam que não conseguem ter um sono tranquilo e que acordam várias vezes na noite.

No geral, isso ocorre porque os ansiosos não conseguem se “desligar” do que aconteceu durante o dia. Assim, pensam ininterruptamente e não relaxam. Isso precisa ser tratado, já que noite mal dormida pode levar a outros problemas como, por exemplo:

Apetite desregulado

Você já teve um dia tão estressante, que só melhorou depois de comer um doce qualquer ou um alimento bem calórico? Isso pode acontecer com qualquer pessoa. No entanto, quando é frequente, é preciso ficar alerta.

Embora seja um sinal comum de ansiedade, o apetite descontrolado pode levar à obesidade. O aumento de peso deixa a pessoa mais suscetível a doenças como diabetes ou articulares, por exemplo.  

Sinais físicos

As preocupações em excesso, como medo do futuro ou receio de que algo ruim possa acontecer, podem levar o indivíduo a desenvolver sinais físicos. O mesmo acontece quando a pessoa sofre com uma constante inquietação.

Nesses casos, é possível que haja comprometimento da saúde. O indivíduo pode desenvolver problemas como:

Como a hipnose pode ajudar no tratamento contra a ansiedade?

É importante tratar a ansiedade, para que ela não evolua para um quadro de paranoia. Para isso, é possível realizar terapia, usar medicamentos prescritos por um médico e também contar com o apoio da hipnose

O hipnoterapeuta poderá ajudar o paciente a identificar a origem do problema, ou seja, o que está desencadeando o quadro de ansiedade. Assim, ao acessar o inconsciente ele também consegue trabalhar a ressignificação do evento que desencadeou a ansiedade.

Este, pode ser um trauma sofrido na infância ou uma situação de estresse no trabalho, por exemplo. Tudo isso pode ser trabalhado, por meio da hipnose, de forma que mesmo que a pessoa se recorde do evento traumático, as lembranças passem a não afetá-la tanto

Além disso, a hipnose pode ajudar a desenvolver habilidades emocionais que auxiliarão o indivíduo a ter mais controle dos sentimentos. Dentre elas:

Ao desenvolver essas habilidades, a pessoa que sofre de ansiedade aprende a relaxar a mente. Dessa forma, sai do estado de alerta e passa a encarar melhor seus problemas. O resultado é a conquista de mais qualidade de vida.

Se você sofre com a ansiedade e quer controlá-la, há um roteiro que pode ajudar. Conheça e pratique

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *