Sentimentos e emoções: entenda as diferenças e como lidar melhor com eles

Tempo de leitura: 4 minutos

0
(0)

Amor, alegria, raiva, felicidade, compaixão… a vida é cheia de sentimentos e emoções, com os quais todos têm que conviver, a todo momento. Enquanto alguns são positivos e tornam a vida mais leve e prazerosa, outros podem ser destrutivos e limitantes.

Por isso, é preciso sempre buscar aprender a lidar com os sentimentos e emoções, bem como a controlá-los. Para isso, é preciso trabalhar o autoconhecimento e o equilíbrio emocional.

É possível desenvolver essa habilidade emocional com a ajuda da hipnoterapia. Veja como isso é feito e conheça a diferença entre sentimentos e emoções neste artigo!

O que são sentimentos?

Em suma, podemos dizer que o sentimento é a resposta do corpo quando submetido a uma emoção. É algo interno, que revela como a pessoa se sente em relação a determinado tipo de emoção. 

O sentimento tende a durar muito tempo, como é o caso, por exemplo, do amor e do ódio. Além disso, quando o sentimento é ruim e duradouro, a pessoa pode desenvolver pensamentos negativos e até doenças. A depressão e a síndrome do pânico são exemplos disso. 

O que são emoções?

Emoção é a resposta gerada pelo cérebro quando a pessoa é exposta a determinado estímulo do meio. Por exemplo, se você tem alguma fobia e é exposto ao gatilho, o cérebro libera substâncias que vão fazer com que você sinta medo (uma emoção).

Algumas vezes, as emoções podem ser notadas pelas reações físicas que a pessoa apresenta como:

  • risada ou gargalhada;
  • choro;
  • expressão facial;
  • suor.

Enquanto o sentimento é duradouro, a emoção é passageira. Além disso, ela é individual, ou seja, é possível que cinco pessoas, expostas à mesma situação, sintam emoções diferentes. A complexidade das emoções é tamanha, que elas têm uma classificação especial e podem ser divididas em:

  • Primárias: são aquelas que todo mundo que está perto consegue notar, como alegria, tristeza ou medo;
  • Secundárias: são as menos perceptíveis, como a vergonha ou nervosismo;
  • De fundo: são aquelas que outras pessoas não notam como a fadiga, por exemplo. 

Por fim, é preciso saber que diariamente uma pessoa pode desenvolver inúmeras emoções. Dentre elas:

  • alívio;
  • raiva;
  • satisfação;
  • ansiedade;
  • admiração;
  • interesse;
  • medo;
  • calma;
  • confusão;
  • desejo;
  • espanto;
  • surpresa;
  • tédio;
  • estranhamento;
  • excitação;
  • horror;
  • inveja;
  • nojo;
  • nostalgia;
  • tristeza, entre outras.

Todo mundo está sujeito a desenvolver qualquer uma dessas emoções. Por isso, para atingir um equilíbrio, é preciso buscar por conhecê-las, compreendê-las e controlá-las. Quando a pessoa consegue atingir esse equilíbrio ela adquire o que é chamado de inteligência emocional. Já ouviu falar nesse termo?

Por meio dela, é possível entender, com mais clareza, os sentimentos próprios e dos outros. Dessa forma, além de adquirir mais controle e aprender a não tomar decisões importantes baseadas nas próprias emoções, a pessoa consegue desenvolver a empatia

Como lidar melhor com sentimentos e emoções? Veja 4 dicas rápidas!

Os sentimentos e emoções são complexos e, para compreendê-los e entender como agem dentro da sua mente e do seu corpo, é preciso buscar pelo autoconhecimento. Para isso, é necessário desenvolver habilidades inerentes da inteligência emocional. Veja dicas de como proceder.

Procure entender o que sente 

Quem quer lidar melhor com os sentimentos e emoções precisa começar identificando quais são eles. Sempre que notar que está em conflito ou tendo reações exageradas a algo, tente se acalmar, respirar fundo e refletir. 

Isso ajudará a identificar até que ponto as suas reações e decisões são, naquele momento, baseadas em sentimentos e emoções. Além disso, poderá passar a visualizar, de forma mais clara, o que te incomoda. 

Trabalhe o autocontrole

Depois que você conseguir identificar os sentimento e emoções fica mais simples perceber quando as suas ações e decisões estão sendo impensadas. 

Graças a essa percepção, é possível se afastar de ambientes ou situações que hajam como gatilho para o descontrole emocional. Isso permitirá que você tenha um maior controle de suas ações e reações, evitando conflitos e buscando soluções racionais para adversidades do dia a dia. 

Torne a vida mais leve 

Não deu certo? Tudo bem, não precisa se condenar. Todo mundo passa por diversos imprevistos diariamente. Os que consegue encará-los com uma atitude positiva, acabam tendo dias mais leves e produtivos. Trabalhe isso e não se permita afetar emocionalmente por coisas banais.

Procure um hipnoterapeuta ou faça auto-hipnose

A hipnose pode ajudar você a desenvolver a inteligência emocional. Por meio dela, é possível aprender a identificar as emoções e os gatilhos. Além disso, a hipnoterapia ajuda a compreender os pensamentos, ações e a desenvolver o autoconhecimento.

Tudo isso, leva à conquista do autocontrole e, consequentemente, mais equilíbrio no dia a dia. Dessa forma, em pouco tempo, é possível conquistar mudanças significativas, que tornarão a sua vida mais feliz e harmônica.

O que acha de começar a mudança interior e exterior agora mesmo? Leia mais sobre o poder da mudança e veja dicas de como trazer esse movimento para a sua vida! 

Esse artigo foi útil?

Clique na estrela para pontuar!

Média de pontuação 0 / 5. Vote count: 0

No votes so far! Be the first to rate this post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *