Conheça 20 sintomas físicos da ansiedade e aprenda a controlá-los

Você já sentiu uma sensação ruim, que misturou angústia e medo, e que acabou te impedindo de fazer algo? Pessoas que sofrem com crises de ansiedade, provavelmente, já passaram por isso algumas vezes na vida. É um sentimento intenso e descontrolado que, muitas vezes, vem acompanhado dos sintomas físicos da ansiedade

Quando essas crises não são tratadas, os sintomas físicos da ansiedade e também os emocionais podem prejudicar a rotina da pessoa acometida. Ela se sente tão mal, que deixa de realizar atividades corriqueiras como, por exemplo, ir a um supermercado, assistir às aulas da faculdade ou até acompanhar os amigos no cinema. 

Por isso, é importante aprender a controlar as emoções e, consequentemente, evitar os sintomas físicos da ansiedade. Conheça quais são eles e veja dicas de como evitá-los!

Quais são os sintomas físicos da ansiedade?

A ansiedade é um sentimento natural e que, muitas vezes, se confunde com o medo. No entanto, quando essa alteração emocional é constante ou excessiva, a pessoa é diagnosticada com transtorno de ansiedade.

Nesses casos, além da preocupação, é comum que as pessoas apresentem um ou mais dos seguintes sintomas físicos da ansiedade:

  1. suor nas mãos ou sudorese em qualquer parte do corpo;
  2. mãos e pés frios;
  3. tremores nas pálpebras, mãos ou pés;
  4. taquicardia;
  5. dor no peito;
  6. falta de ar ou respiração ofegante;
  7. tensão muscular;
  8. dificuldade para dormir;
  9. irritabilidade;
  10. vertigem;
  11. dor abdominal;
  12. diarreia;
  13. vômito;
  14. boca seca;
  15. sensação de cansaço intenso; 
  16. formigamento;
  17. azia;
  18. constipação;
  19. esquecimento;
  20. dor de cabeça.

Em suma, uma pessoa que tem esse transtorno pode apresentar um ou vários desses sintomas físico de ansiedade. Além disso, nem sempre são os mesmos. Em determinado momento, o indivíduo acometido pode apresentar, por exemplo, tremor nas mãos e dor de barriga, por exemplo. Em outro, pode ter azia e vômito. Não há um padrão

Como controlar a ansiedade? Veja 5 dicas!

Conheça algumas alternativas de tratamentos para evitar os sintomas físicos da ansiedade ou que ela evolua para paranoia

Psicoterapia

As sessões de psicoterapia visam ajudar a pessoa a identificar as causas das crises de ansiedade e trabalhar o sentimento. Durante os encontros com os psicólogos, a pessoa pode desabafar abertamente e encontrar padrões de comportamento e pensamento que possam ser alterados, para que se sinta melhor. 

Atividade física

Meia hora de caminhada por dia pode ajudar a pessoa que tem sintomas físicos da ansiedade a melhorar. A prática de qualquer atividade física ajuda a relaxar a mente e muda o foco do pensamento. Além disso, estimula a produção de serotonina, hormônio ligado à sensação de bem-estar, o que é importante para evitar crises de ansiedade. 

Música

Quando pensamentos ruins e angustiantes invadem a mente, é preciso procurar algo que ajude a mudar o foco. Uma das alternativas é ouvir música. Cante, dance pela casa e se distraia sempre que notar que a sua mente está confusa ou excessivamente preocupada. 

Alimentação saudável

Para que o organismo consiga trabalhar bem e produzir os hormônios necessários para o bem-estar, é preciso dar a ele os nutrientes necessários. Isso é possível por meio de uma alimentação saudável, com a ingestão diária de frutas, legumes e verduras. 

Hipnoterapia

A hipnoterapia é uma grande aliada no tratamento da ansiedade. Por meio dela, é possível acessar o inconsciente e encontrar os gatilhos que fazem com que esses sentimentos de angústia e medo se instalem. 

Uma vez que isso seja conhecido, o hipnoterapeuta pode trabalhar a ressignificação dos eventos que ativam essa descarga de ansiedade. Dessa forma, a pessoa terá mais controle sobre a situação e equilíbrio emocional, quando for exposta ao gatilho. 

Além disso, a hipnoterapia pode trabalhar pontos que ajudam a pessoa a se fortalecer emocionalmente e a ter maior controle dos seus sentimentos. Dentre eles:

Em suma, por meio da hipnoterapia é possível evitar que novas crises aconteçam e conquistar mais qualidade de vida. Sem contar que a auto-hipnose também pode ser usada para o controle da dor, que é um dos sintomas físicos da ansiedade. 

Está passando por uma crise de ansiedade agora? Veja algumas dicas do que fazer.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp