Muito se fala na importância de médicos e enfermeiros aprenderem hipnose, já que eles trabalham direto com o paciente e podem usar as técnicas no tratamento e para oferecer mais conforto ao doente. No entanto, há outros profissionais que também podem ter aproveitar os benefícios desse conhecimento e é por isso que os biomédicos devem aprender hipnose também.

Afinal, embora no dia a dia esse profissional, muitas vezes, ele pode não ter contato direto com os pacientes, os biomédicos devem aprender hipnose para uso próprio. No dia a dia, ela pode ajudar a manter o controle, enfrentar uma rotina intensa e cansativa que, por vezes, o afeta.

Descubra o que é hipnose e veja porque os biomédicos devem aprendê-la! 

O que é hipnose?

A Associação Americana de Psicologia define a hipnose como um estado de consciência, no qual a pessoa consegue manter a sua atenção focada em determinado ponto. Para isso, ter a consciência periférica reduzida durante o processo. 

Todo esse foco, resulta em uma capacidade aumentada de resposta à sugestão. Para chegar a esse ponto, a pessoa passa pela chamada indução hipnótica, que é definida como um procedimento projetado para induzir a hipnose.

Além disso, a Associação Americana de Psicologia também chama a atenção para o termo hipnoterapia, que comumente é o mais usado por profissionais da área da saúde. Trata-se do uso da hipnose no tratamento, seja de uma questão psicológica ou médica. 

Biomedicina e hipnose: por que biomédicos devem aprender hipnose?

Assim como os demais profissionais da saúde, os biomédicos devem aprender hipnose. Afinal, embora, comumente, esses especialistas atuem em laboratórios ou mesmo em hospitais, longe dos pacientes, há casos nos quais a pessoa opta por atuar direto com o cliente.

Seja como for, quem trabalha com pesquisas, desenvolvimento de produtos, laboratórios e outros espaços sem contato com doente, pode usar a hipnose em si mesmo. Já no caso de áreas com atendimento direto a pessoas, os biomédicos devem aprender hipnose para ajudá-las durante o tratamento. Veja algumas aplicações.

Coleta de amostras biológicas

Realmente não é comum que um profissional dessa área esteja à frente da coleta de materiais como, por exemplo, sangue ou outros fluidos biológicos. Entretanto, como pode ser considerada fase pré-analítica e como uma coleta errada pode resultar em um resultado incorreto, por vezes, esse profissional pode optar por trabalhar nessa área. 

Nesse caso, os biomédicos devem aprender hipnose para tornar o processo mais simples para o paciente. Por meio de técnicas específicas, é possível ajudar àqueles com medo de agulha ou até de sangue, por exemplo.

Diagnóstico por imagem

Esse profissional também pode atuar com imagenologia, basta se especializar na área. Nesse caso, trabalhará com, por exemplo:

Seja qual for o caso, os biomédicos devem aprender hipnose, quando optam por se especializar nessa área, para ajudar o paciente. Muitos deles chegam com dor ou angustiados com um possível diagnóstico. Com o uso da hipnose, é possível ajudá-los a manter a calma.

O mesmo vale para casos nos quais a pessoa tem medo do aparelho, algo muito comum na realização da tomografia. Com a hipnose, é possível ajudar o paciente a ficar mais tranquilo, para que o procedimento possa ser realizado. 

Uso próprio

Biomédicos também devem aprender hipnose para uso próprio. Ela pode ajudar, por exemplo, a superar um trauma, aprender a lidar melhor com sangue, visto que algumas pessoas têm medo, ou até a manter o controle no dia a dia.

Afinal, quem já atua na área há bastante tempo sabe bem como a rotina pode ser estressante. A busca por vacinas, por exemplo, por vezes requer muita concentração e longas horas de trabalho. A hipnose pode ajudar nesse processo. 

Como aprender e ser certificado por isso?

Há várias maneiras de aprender hipnose como, por exemplo, lendo livros específicos, assistindo a vídeos ou focando em artigos. Todos esses procedimentos são úteis e válidos na descoberta e entendimento da hipnoterapia.

No entanto, os profissionais que atuam com a saúde precisam ter cuidados especiais e, além de saberem desenvolver o tratamento com hipnose, terem como provar que estão aptos para tal prática. Essa é uma necessidade ética e também ajuda a transmitir segurança ao paciente.

Dessa forma, os biomédicos devem aprender hipnose e também se preocupar com a certificação. Para isso, é indicado procurar um curso conceituado e que emita o certificado.

Esse cuidado é válido inclusive por questões éticas. Saiba como funciona e é regulamentada a hipnose no Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *